Literatura Gospel



X

Pequenas Gentilezas - Casamento (Parte I)

Casamentos tem sido destruídos por causa do egoísmo...

Deus nos ensina através de suas demonstrações de afeto, muitas vezes nos pequenos detalhes, nas pequenas e sutis atitudes. Ele se preocupa conosco até mesmo nos pequenos pedidos ou naqueles pequenos sonhos, Ele nos ama e cuida de nós, desde as grandes coisas até as nossas menores necessidades.

"Se Deus tivesse uma geladeira, sua fotografia estaria grudada ali, Se Ele tivesse uma carteira, guardaria a sua fotografia dentro dela. Ele lhe manda flores todas as primaveras e o brilho do sol todas as manhas. Sempre que você tem vontade de falar, Ele ouve. Ele pode morar em qualquer lugar do universo, mas escolheu o seu coração. Que tal aquele presente de natal que Ele lhe deu em Belém? E aquela sexta-feira no Calvário? Acredite, Ele é loucamente apaixonado por você." (Max Lucado)

Se Deus demonstra o seu amor para conosco nos detalhes, nós também precisamos aprender esse segredo tão importante em nosso relacionamento.

Hoje em dia uma grande quantidade de casais tem vivido um casamento desbotado e sem alegria, um relacionamento medíocre e de aparências, onde um sobrevive perto do outro somente por conveniências.
Talvez, você esteja vivendo um pesadelo matrimonial e familiar em que os seus sonhos estão totalmente frustrados e a sua vida é viver chorando, ou desejar dar um ponto final nessa situação.
Muitas vezes, passamos por cima de pequenos gestos de amor, achando que são inexpressivos no nosso relacionamento conjugal, mas não é uma montanha que faz o homem tropeçar e sim uma pequena pedra no caminho.

Você por várias vezes já pensou em desistir do seu casamento, ou mesmo achou que a separação seria a única saída que você teria para ser feliz.

Saiba que isso é uma ilusão que o diabo coloca em sua vida, pois aquilo que você não resolve, vai se repetir, até que você possa encarar os problemas e resolver de cara limpa as dificuldade que você está passando. Não adianta tomar o caminho mais fácil, é necessário enfrentar os gigantes e os montes que atravessam o seu caminho.

Quando negligenciamos as pequenas coisas, o diabo tem uma porta aberta para destruir o nosso relacionamento conjugal.

Aprendi com o tempo, que nada é mais destrutivo ao relacionamento do que a indiferença, que é adquirida muitas vezes, com o passar do tempo, nos acostumamos a uma estilo de vida familiar destrutivo, deixando pequenas coisas passar. Lembramos-nos do aniversário uns dos outros, mas nos esquecemos que a grande sacada no casamento, é fazer com que dias que inicialmente nascem sem nenhuma expectativa, se tornarem dias inesquecíveis, e momentos de grande emoção, através de pequenos detalhes, como por exemplo, colocar na porta da geladeira, quando você sair de casa para trabalhar um recado de amor para o seu cônjuge, ou comprar apenas uma rosa pra levar para sua esposa no final do dia.

“Observai igualmente os navios que sendo tão grandes e batidos de rajadas de ventos por um pequeníssimo leme, são dirigidos para onde queira o impulso do timoneiro” (Tiago 3:4)

Geralmente temos a tendência de achar que as coisas pequenas, não alteram muito as nossas vidas, mais como um pequeno leme determina a direção de um grande navio, também existem pequenas coisas, que determinam o rumo em nossas vidas.

Também como as pequenas gentilezas trazem uma grande abundância de bênção sobre o nosso casamento, da mesma forma as pequenas desavenças ou desleixos, podem trazer para o casamento destruição.

Conheço casais que quase se separaram, porque um deles não fechava a pasta dental quando escovava os dentes, ou uma esposa que deixou o ambiente de sua casa insustentável, porque nunca usava a palavra “obrigado” ou “por favor”, quando seu marido fazia algo para ela. Parece que estas coisas são pequenas, que até passam despercebidas, mas posso te garantir que o acúmulo de pequenos problemas, pode gerar um problema enorme e machucaduras terríveis.

Quando estamos saudáveis e não estamos machucados, pode não doer, mas quando existem hematomas no casamento, devido à anos de indiferença ou longos momentos de falta de educação um com o outro, pequenas atitudes ou palavras, podem gerar uma discussão ou até mesmo agressões verbais ou até mesmo agressões físicas.

Particularmente creio que alguém que agride a esposa fisicamente, não conhece a Deus, pois além de ser um crime, é o fruto de alguém desequilibrado e com um mau caráter.

Muitas famílias tem vivido de pura aparência, a maioria das pessoas que você conhece pode até achar que você esta vivendo bem, mas na verdade, a sua casa parece um túmulo onde seus sonhos morreram por causa dos problemas de relacionamento, que você está passando.

Quando foi a ultima vez que você levou a sua esposa para passear no cinema, ou levou flores para ela em um dia normal, qual foi o último elogio que você fez para ela ou o último presente inesperado que ela ganhou de você?

Passamos por cima de coisas tais como, deixar de dizer o quanto o almoço estava gostoso, achando que não tem problema, pois a nossa esposa sabe que apreciamos aquilo que ela faz, mas é importante dizer sempre o quanto você aprecia a comidinha feita com tanto amor pra você.

Pequenos gestos de carinho produzem grande satisfação no coração das pessoas.

Muitas esposas não conseguem controlar a sua língua ou seus impulsos carnais, e dessa maneira, estão fazendo da sua casa um lugar pesado, sua casa se tornou um lugar onde não há paz.

Ou qual foi a ultima vez que você fez para o seu esposo um almoço especial, ou um jantar à luz de velas, fez uma massagem relaxante naquele dia estressante que ele passou, ou quando foi a ultima vez você levou café da manhã na cama?

É incrível ver como hoje em dia, tantos casais estão passando por problemas sérios e quantos casamentos tem sido destruídos por causa do egoísmo e da falta de arrependimento, em todas as situações que tive que aconselhar, nunca vi em nenhuma situação que uma das partes tinha cem por cento de acerto diante das crises, sempre vejo que dos dois lados existem erros, e situações a serem mudadas, mas para isso é necessário as pessoas desejarem verdadeiramente uma mudança.

Quando alguém é o dono ou na dona da verdade e não abre mão de que também erra, fica muito difícil o acerto, pois o orgulho é o pior dos vícios no casamento.

Sempre procuro fazer coisas que possam surpreender a minha esposa, quando passamos por algum lugar onde tenha alguma bela flor, eu a pego e entrego pra ela, não custa nada, mas o resultado é maravilhoso, pois esses pequenos gestos de afeto, fazem do relacionamento um lugar de benção, um manancial de felicidade.

Quando passamos por cima das coisas pequenas no casamento, destruímos com isso a leveza, o romantismo e não custa nada, não dói uma palavra de carinho, um elogio, uma atitude de carinho entre outras coisas, aprenda a fazer isso.

Um pastor estava muito atarefado em seu escritório preparando o sermão do domingo seguinte. Ao esticar o braço para pegar um livro na estante, ele lembrou-se de que o havia deixado no pavimento inferior da casa. Sua filha pequena estava brincando no quarto, e ele a chamou. Ela veio correndo, ansiosa e alegre só em pensar que o papai estava necessitando de sua ajuda. A menina desceu a escada com ar de felicidade no rosto, retornando alguns momentos depois com um livro, que, ao olhar de relance, o pai viu que não era o que ele havia pedido. Assim mesmo, ele pegou o livro e o colocou em cima da mesa. Em seguida, olhou para o rosto ansioso da filha e sorriu. Puxando-a para perto de si, ele a beijou e disse:

- Obrigado, querida.

Depois que ela voltou a brincar, feliz e satisfeita, ele desceu a escada em silêncio e foi buscar o livro de que necessitada.

Acho que eu gostaria de ouvir os sermões daquele homem. (O Sermão do Papai - Autor Desconhecido).

Eu sempre digo que o amor é como uma flor delicada, que precisa ser regada todos os dias, porque se não ela pode morrer, ela até sobrevive por algum tempo sem ser regada, mas se você demorar muito para cuidar dela, você pode ser surpreendido e depois não adianta chorar, porque você vai colher aquilo que você plantou.

Nada neste mundo compensa o fracasso dentro do lar, nem todo o dinheiro do mundo vale o seu relacionamento conjugal.

Dê valor a essas coisinhas importantes.

Quando acordo, procuro dizer para minha esposa o quanto ela é especial para mim, dar um abraço e dizer que a amo e que ela está cada dia mais linda, ainda mais que no dia anterior.

Temos visto através do convívio com casais, tratando com conflitos, que sempre os problemas que geram crises, na maioria das vezes, não começam como grandes problemas, mas com pequenas coisas, que vão se acumulando e se tornam grandes, e até mesmo podendo chegar a causar a separação do casal que se ama, mais por causa de tantos desentendimentos, o ambiente fica tão pesado que fica insustentável o casamento.

Nunca deixe de falar que ama o seu cônjuge, pois mesmo que pra você isso não tenha valor, saiba que é de fundamental importância, declarar o seu amor, em dias que o amor segundo o mundo, se compra através de interesses comerciais ou financeiros, mas quando se ama de verdade até mesmo o tempo nos auxilia, mesmo que o tempo passe o amor vai amadurecendo e melhorando e o casamento se torna um lugar de aconchego e de paz, onde sabemos que podemos descansar e recuperar as nossas forças para as lutas do dia-a- dia.

LEIA TAMBÉM A PARTE II DESSE ARTIGO e aprenda alguns passos para restaurar essas "coisinhas" no seu relacionamento conjugal!!!



Por: Jessé Wesley e Michelle Damin - Pequenas Gentilezas - No Teu Esconderijo Editora