Literatura Gospel



X

O perigo da rebeldia

Há uma esperança para quem se acha perdido

E disse: Um certo homem tinha dois filhos; E o mais moço deles disse ao pai: Pai, dá-me a parte dos bens que me pertence. E ele repartiu por eles a fazenda. E, poucos dias depois, o filho mais novo, ajuntando tudo, partiu para uma terra longínqua, e ali desperdiçou os seus bens, vivendo dissolutamente.Lucas 15:11-13

Quantas vidas são destruídas por causa da rebeldia, pessoas que se perdem ao longo de sua vida porque desejam alçar novos voos, sem saber ao menos onde vai dar ou o que poderá acontecer nessa trajetória em busca de algo novo e imprevisível?

O filho pródigo ou gastador, de Lucas 15:11 a 32, saiu de sua casa, do convívio dos seus familiares, e se foi para uma terra distante e desconhecida, sem olhar para trás, ele seguiu seu caminho em frente. Sem pensar na angústia de seu pai, nem da tristeza de seu irmão que, mais tarde, se transformaria em indignação.

Seguiu por uma trilha que o levou a uma vida dissoluta deixando-o sem nada, restando apenas a fome e o desejo de comer a ração dos porcos. Foi aí que se lembrou da casa de seu pai, onde ele tinha tudo e nada lhe faltava.

Muitos cristãos criados e educados na igreja com o verdadeiro maná, têm caído na cilada de desejar experimentar os prazeres enganosos do mundo. Mundo esse, corrompido por causa do pecado, da desobediência, da falta de amor ao próximo, da falta de respeito e de tantas outras coisas maléficas e destrutíveis.

A ganância e a rebeldia têm tomado conta de muitos cristãos nos dias de hoje, a ponto de desejarem os manjares de uma vida desregrada e dissoluta que o mundo oferece, de maneira enganosa e ilusória. Pessoas que abandonam o primeiro amor, suas famílias e a casa do Pai sem pensar nas consequências futuras, nem nas pessoas que deixaram para trás e sem ao menos perceber o perigo da rebeldia.

Conheço um rapaz que era o típico cristão exemplar, porém, um dia desejou conhecer algo diferente e se entregou às concupiscências de um mundo impuro e devastador. Infelizmente, ele não conseguiu voltar para os braços do Pai a tempo, sucumbiu sozinho numa doença que o levou tão rápido como um relâmpago.

Mas sempre há uma esperança para quem se acha perdido, Jesus Cristo, o Senhor. Como o filho pródigo que se arrependeu e voltou para a casa de seu pai e teve uma recepção de príncipe, você pode voltar para os braços do Pai que nunca te rejeitará, te dará uma nova vida e um novo recomeço. Deus é o Todo Poderoso, Pai amoroso e piedoso para os que o buscam de todo o coração, sem reservas e temores.

Se você se sente abandonado pelo mundo, por seus familiares ou por qualquer outros motivos, volte ao primeiro amor, volte para os caminhos de Deus e se entregue sem medida na obra do Senhor. Ele tem sempre o melhor para você e toda sua vida, não desista, não desanimes, pois a salvação só vem do Senhor.

Que Deus nos abençoe e nos guarde desse mundo mal e cruel. Que a graça e a paz de Cristo estejam sempre conosco. Amém!