Literatura Gospel



X

Maria, a intercessora?

O que a Bíblia ensina a respeito?

Maria: A Intercessora

Muitos Católicos fiéis oram fervorosamente à virgem Maria, crendo que ela é a mediadora que intercede em seu favor diante do Pai:

"Por isso, a bem-aventurada Virgem Maria é invocada na Igreja sob os títulos de advogada, auxiliadora, protetora, medianeira." P. 274, #969 Catecismo da Igreja Católica (1994)

Aqui quatro títulos específicos são atribuídos a Maria. Será que ela os preenche?

Olhemos para cada um deles:

Advogada

A crença de que Maria é uma advogada diante do Pai é mais uma tradição de homens, não respaldada pela Escritura. Além do mais, a Bíblia desafia a doutrina Católica ao declarar que Jesus, e não Maria, é o único Advogado.

"...Se, todavia, alguém pecar, temos Advogado junto ao Pai, Jesus Cristo, o justo." 1 João 2:1

Auxiliadora

Novamente a Bíblia discorda do Catolicismo pois declara que Jesus, não Maria, é o único Auxiliador:

"Eis que Deus é o meu ajudador..." Salmo 54:4

"Assim afirmemos confiantemente: O Senhor é o meu auxílio, não temerei; que me poderá fazer o homem?" Hebreus 13:6

"Muitas são as aflições do justo, mas o Senhor de todas o livra." Salmo 34:19

Na Palavra de Deus Maria jamais é mencionada como sendo uma ajudadora sobrenatural.

Protetora

Aqui está mais uma tradição de homens. A Bíblia não chama pessoa alguma, inclusive Maria, de "Protetora".

Mediadora

A Bíblia nunca eleva Maria à posição de mediadora, mas afirma que Jesus é o único mediador:

"Porquanto há um só Deus e um só Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem." 1Timóteo 2:5

"Por isso mesmo, ele (Cristo) é o Mediador da nova aliança..." Hebreus 9:15

Intercessora

A função tanto de um mediador quanto de um advogado é interceder em favor de outros. A tradição Católica designa esta posição a Maria, enquanto a Palavra de Deus exalta o Senhor Jesus Cristo como o único intercessor:

"Porque Cristo não entrou em santuário feito por mãos, figura do verdadeiro, porém no mesmo céu, para comparecer, agora, por nós, diante de Deus." Hebreus 9:24

"Por isso também pode salvar totalmente os que por ele se chegam a Deus, vivendo sempre para interceder por eles." Hebreus 7:25

A Escritura não poderia ser mais direta sobre a identidade do verdadeiro intercessor:

"... É Cristo Jesus quem morreu, ou antes, quem ressuscitou, o qual está à direita de Deus, e também intercede por nós." Romanos 8:34

"... segundo a vontade de Deus é que ele (Jesus)intercede pelos santos." Romanos 8:27

A Bíblia revela que qualquer pessoa só pode chegar ao Pai através de Jesus Cristo:

"Porque, por ele (Jesus), ambos temos acesso ao Pai em um Espírito." Efésios 2:18

"Segundo o eterno propósito que estabeleceu em Cristo Jesus nosso Senhor, pelo qual temos ousadia e acesso com confiança, mediante a fé nele." Efésios 3:11-12

Maria jamais é mencionada como intercessora.

Jesus é novamente rebaixado

A Bíblia é bem definitiva, Jesus é o único Advogado, Auxiliador, Mediador e Intercessor diante do Pai. Mesmo assim a tradição Católica atira longe estes quatro títulos dele e os joga aos pés de Maria. Por que?

Por que Jesus é desonrado sempre e sempre? Por que o Catolicismo está determinado a tirar de Jesus tudo que a Bíblia lhe atribui e dar a alguém ou a alguma coisa mais?

Se Maria é tão exaltada, por que personalidades bíblicas, como o apóstolo Paulo, proferiram palavras tais como?

"Porque decidi nada saber entre vós, senão a Jesus Cristo, e este crucificado." 1 Coríntios 2:2

Conclusão

Agora você conhece a posição tanto da Bíblia como da Tradição Católica. Você vai rejeitar a Palavra de Deus e dar glória a Maria? Ou você vai rejeitar as tradições de homens e dar glória a Jesus Cristo?

"Agora, com efeito, obteve Jesus ministério tanto mais excelente, quanto é ele também mediador de superior aliança instituída com base em superiores promessas." Hebreus 8:6


Por Rick Jones - Por Amor aos Católicos Romanos